domingo , 22 outubro 2017
Casa / TECH / Bactéria que vive em Humanos produzirá Biodíesel

Bactéria que vive em Humanos produzirá Biodíesel

Não nada melhor que descobrimos um pote de ouro em nosso próprio quintal não acham! Pois é ! Hoje em dia muito se fala em nanotecnologia e de produção de energia com álcool, e a manipulação genética fica em segundo plano.
Usando uma bactéria muito comum na flora intestinal humana, chamada Escherichia coli a empresa LS9 após modificar geneticamente a bactéria está produzindo ainda biodíesel em pequena escala e estuda a viabilização da produção em grande escala. A produção do combustível é relativamente simples, mas em grande escala é outra coisa, ressalta o engenheiro responsável pela LS9 o químico Stephen del Cardayre.

[ad#dicas-verdes-meio-textp]

Prometendo ser quem sabe a nova corrida do ouro, o ouro negro como pode ser chamado, pois se tratar de cocô de bactéria trará novos horizontes para os novos tempos que pedem mais respeito à natureza e combustíveis renováveis de fácil produção. Como o consumo de alimentos no mundo cresce a cada dia, comida para esta bactéria não será difícil arrumar pois imaginem grandes usinas processando lixo e do outro lado saindo biodíesel.
É ou não é o máximo! 😀

Via > MeioBit

Sobre Fernando Goulart

Fernando Goulart é um Empreendedor Web que escreve e presta consultoria sobre Sustentabilidade, Geração de Energia e Tecnologia Sustentável. Gosta muito de "desconstruir" ou "desmontar" coisas, possui muitas ferramentas, gosta de sorvete de flocos, aprecia cerveja escura adora um Projeto Caseiro.

Um comentário

  1. muito interessante. o cultivo dessas fepas é muito agradavel para esses fins, sua produção em laboratório é excencial para interressse médico, mais como seria esse tipo de cultivo. como se fosse caseiro?se souber de sait que ensina a cultivá-la de forma caseiras e segura, favor me repassa, tambem é de meu interresse desenvolver trabalhos academicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *