quinta-feira , 21 setembro 2017
Casa / FAÇA VOCÊ MESMO / Como acabar com o Estresse no Trabalho

Como acabar com o Estresse no Trabalho

noiva-estressada-1402695071471_956x500

Eu sei, eu sei que começar a segunda-seira sem o estresse do dia a dia não é fácil. Principalmente se você mora nas grandes capitais sabe que o trânsito de hoje é mais do que caótico, chega ser perturbador. Existem pessoas que ficam mais de 3 horas diariamente no trânsito e consequentemente acabam chegando estressadas no trabalho.   Mas não é só isso. As cobranças a falta de estímulo e muitas outras formas de desestímulo fazem com que as pessoas cada vez fiquem mais estressadas e acumulando doenças funcionais muitas vezes só detectadas quando já é bem tarde.

E para aliviarmos um pouco a tensão do início da semana, separamos algumas dicas e técnicas que dependendo do nível alcançado de estresse, você poderá se livrar de várias dores que acumulam ao longo do tempo que em muitas vezes são pequenas tensões acumuladas que fazem no final do dia ou no início a maior diferenças. Começar o dia sem nenhuma dor já é uma grande vitória.

Veja abaixo as dicas que você poderá aplicar tanto no trabalho ou quando chegar em casa.

1. Beba mais chá – todos os tipos do verdadeiro chá, originados da planta Camellia, contêm grande o aminoácido L-theanina (chá verde), que é responsável por uma sensação de relaxamento logo após que você toma o chá. Esse relaxamento traz uma sensação de alívio ao sistema imunológico, pois com o corpo relaxado as tensões são minimizadas;

2. Faça Caminhadas ou ande de Bicicleta – o exercício físico e aeróbico é de extrema importância para a vida. Além de aumenta o humor das pessoas e ainda estimula o corpo a se sentir bem, reduz o inchaço do abdômen e para os fumantes, dá muito mais disposição e oxigenação ao corpo. Tomar sol também é muito importante, porque ele proporciona vitamina D ao corpo, ajuda a regular o ritmo circadiano do corpo e a produção de melatonina. Por isso, separe um período de tempo do seu dia para caminhar na rua, de preferência em parques, e se você não tem um parque por perto, prefira ruas tranquilas;

3. Tome mais sopa – muito ocidentais hoje tomam como base a medicina chinesa como uma boa fonte de receita de remédios caseiros. A medicina milenar chinesa já está mais do que testada e possui muitos conhecimento que até hoje poucas pessoas por aqui sabem, mas uma boa sopinha no inverno pode fazer com que seu corpo consiga absorver os nutrientes de forma mais fácil e rápida. A sopa, que tem digestão suave que facilita a absorção de nutrientes pelo organismo, além disso o ideal também é consumir os alimentos que são considerados os reis da cozinha pois sem ele, nenhuma cozinha possui sabor. Conheça os reis do sabor:  Inclua na sopa; gengibre, alho, cenoura, batata doce ou abóbora. Todos esses alimentos são ótimos para manter o sistema imunológico reforçado.

movimentacao

4. Final de Semana – DESCANSE! – é normal qualquer pessoa ter uma recaída de vez em quando, mas quando chega o fim de semana e você ainda não descansou, pense duas vezes, pois sua imunidade certamente via baixar, e aí é que mora o perigo. Então quando chegar o fim de semana, descanse e durma bem. Deixe a balada para pelo menos uma vez por mês, pois sem esse merecido descanso, seu corpo vai fazer você descansar de qualquer forma, você gostando ou não, ele certamente vai te derrubar.

Depois de todas estas dicas, mesmo que você não consiga segui-las que tal pelo menos começar com o banho de sol de 15 minutinhos. Ele vai te propiciar grande sensação de energização e seu patrão certamente nem vai esquentar. O sol recarrega qualquer pilha, mesmo depois de um domingão de balada.

Fica a Dica 😉

Via > Ecycle

Sobre Fernando Goulart

Fernando Goulart é um Empreendedor Web que escreve e presta consultoria sobre Sustentabilidade, Geração de Energia e Tecnologia Sustentável. Gosta muito de "desconstruir" ou "desmontar" coisas, possui muitas ferramentas, gosta de sorvete de flocos, aprecia cerveja escura adora um Projeto Caseiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *