terça-feira , 25 julho 2017
Casa / Acessórios+Casa / Urna Funerária Biodegradável – Transforme Dor em Flores!

Urna Funerária Biodegradável – Transforme Dor em Flores!

Um Funeral é um evento na vida das pessoas com um o simbolismo na frase “da terra veio a terra voltarás” e se torna maior com este projeto Espanhol de urna Funerária Biodegradável.

O que é uma Urna Funerária Biodegradável?

Urna é tipo vaso, um recipiente, onde depois da cremação, as cinzas ficam estaladas.  Neste caso a família pode colocar este cântaro em um templo pessoal ou particular, pode levar para casa ou pode despejar em lugares escolhidos pelo ente querido, a finalização é estritamente pessoal.

urna funeraria biodegradavel

A proposta é que em vez das cinzas ficarem paradas, elas possam participar de algo natural e sustentável. O processo de cremação gera despejo de carbono na atmosfera, mas as árvores o recolhem no processo de fotossíntese. A lógica é sempre a mesma, quanto mais verde, melhor para o mundo.

Então ficamos para semente?

Basicamente, sim! Esta ideia já tem tido muitos adeptos entre empresas e designer, com alguns diferenciais de cada um. Entre as mais comuns temos as urnas da empresa espanhola Poetree e da designer francesa Margaux Ruyant. Ambas podem ser estaladas no chão e mantem uma base circular que adota os nomes dos entes. A diferença entre elas é que a da Poetree se dissolve se deixa a arvore crescer em sua abundância, já a designer é feita para pequenas árvores, pois limita o seu crescimento.

Outro modelo de urna é a dos designers Martin Azua e Gerard Moniné, ela é completamente feita de materiais biodegradáveis tal como casca de coco, turfa e celulose. Ela tem um formato de cone e o tipo de arvore a ser escolhida é independente, pois o material é completamente absorvido pela terra.

urna funerária cemiterio spAlém da tristeza

A iniciativa é muito importante para frisar o nosso circulo de ligação com a natureza. Gerando mais vida e mais harmonia ao meio ambiente.

Hoje cerca de 75% dos cemitérios do Brasil são agentes de contaminação de água. Cemitérios clandestinos podem aniquilar lençóis freáticos. Quando entramos em decomposição nosso corpo libera um liquido chamado necrochorume, composto por água, sais minerais e substâncias orgânicas além de bactérias, vírus e fungos que se associam a ele. Assim quando em contato com a água pode danificar completamente um sistema. Assim como liberamos gases tóxicos ao meio ambiente.  Exatamente por isso, os cemitérios devem passar pela vigilância sanitária, proteção ambiental e por licenciamentos obrigatórios por lei pela Resolução (nº335/2003).

Um final verde e feliz

Apesar de toda a tristeza que envolve a morte, o ciclo de vida existe e deve ser respeitado. Talvez um dia, em vez de entregarmos flores ao jazido frio, possamos nos sentar a sombra ou abraçar as árvores que foram geradas.

Possamos ter vida, além da vida.

Via> Greeme

Sobre Fernando Goulart

Fernando Goulart
Fernando Goulart é um Empreendedor Web que escreve e presta consultoria sobre Sustentabilidade, Geração de Energia e Tecnologia Sustentável. Gosta muito de "desconstruir" ou "desmontar" coisas, possui muitas ferramentas, gosta de sorvete de flocos, aprecia cerveja escura adora um Projeto Caseiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- -

Precisa de Ajuda?

 
Baixe os manuais que precisa:

Bomba de Água Manual,  

Aquecedor Solar Caseiro, 

e muito mais 

 

Obrigado,

 

 

 

Você receberá as instruções por email