sábado , 25 novembro 2017
Casa / CULTURA / Noivo que Desistiu do Casamento INDENIZARÁ Ex por Compras

Noivo que Desistiu do Casamento INDENIZARÁ Ex por Compras

Noivo que Desistiu do Casamento INDENIZARÁ Ex por Compras. Mesmo após desistir do casamento, faltando cerca de dois meses para a cerimônia, um morador do Distrito Federal foi condenado a indenizar a ex-noiva em R$ 3.312,43.

O valor, segundo a Justiça, corresponde à metade do preço de uma geladeira e uma televisão, pagos pela família da noiva e destinados à casa nova.

A indenização tinha sido definida em primeira instância, e foi confirmada nesta terça-feira (5), por unanimidade, pela 3ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF.

A família da ex-noiva também pedia indenização por danos morais, mas a cobrança foi negada. Ao G1, o advogado do homem disse que não deve recorrer da decisão.

Noivo que Desistiu do Casamento INDENIZARÁ Ex por Compras

Noivo que Desistiu do Casamento INDENIZARÁ Ex por Compras

Segundo o processo, o casal ficou noivo em 2015 e marcou o casamento para 16 de julho de 2016. Além dos eletrodomésticos, eles tinham fechado contratos de buffet, aluguel de roupas para os sogros e impressão de convites.

Quando todo esse planejamento já estava feito, o noivo teria desistido do casamento e, nas palavras do tribunal, assumido “outro relacionamento que mantinha em paralelo”. Ao G1, o advogado do réu, Luiz Henrique Paiva Pires, contestou parte dessas acusações.

Veja também

Grávida Pode Comer Pimenta

Médium Revela Carta Psicografada de Hebe Camargo

Baiano perde mais de 100kg e lança livro de Motivação

“Ele só queria adiar a cerimônia, e aí, ela [a noiva] que decidiu terminar. Ele pediu mais tempo para juntar dinheiro, porque não queria morar com a sogra. Eles pegaram fotos do Instagram, do atual relacionamento do cara, e usaram no processo”, diz Pires.

“E o pior, chamaram ele de promíscuo, de libertino, expuseram ele. A televisão e a geladeira estão na casa dela, eles estão usando. Ele não traiu, ele engatou um relacionamento no outro.”

G1 não conseguiu contato com a defesa da noiva nesta quarta-feira (6). Segundo o processo, os eletrodomésticos estão com a família da mulher, mas foram comprados “unicamente em razão da promessa de casamento” – o que justificaria a indenização por parte do ex.

Cobranças dos dois lados

No processo, os advogados da noiva pediam R$ 100 mil em danos morais para ela, e R$ 50 mil para cada um dos pais, pelo mesmo motivo.

O pedido foi negado em primeira e em segunda instâncias. Na primeira sentença, o juiz da 1ª Vara Cível de Ceilândia Fabrício Dornas Carata chegou a reconhecer a “dor” e a “humilhação” da mulher, mesmo negando a indenização.

“Não restam dúvidas sobre o sentimento de dor e de humilhação dos requerentes, em especial da primeira requerente [a noiva].

No entanto, tais sentimentos não configuram dano moral, mas estados de espírito consequentes do dano, variáveis em cada pessoa”, dizia a sentença.

Os juízes também rejeitaram considerações do noivo, que alegou ter bancado outras faturas do casamento cancelado – por exemplo, a compra das alianças e de material de construção para a casa nova.

O homem chegou a tentar uma reconvenção do processo – quando o réu decide “contra-atacar” e abrir processo contra o autor daquela ação –, também sem sucesso.

Segundo o juiz Carata, o ex-noivo pode vender os bens para reaver o dinheiro, e deve arcar com as consequências da própria decisão.

“[…] não podendo, assim, o mesmo se valer de sua torpeza para pretender ser indenizado por gastos que teve em razão do casamento idealizado não ter se concretizado, frise-se, por opção do próprio requerido/reconvinte.”
Via > G1

Sobre Fernando Goulart

Fernando Goulart é um Empreendedor Web que escreve e presta consultoria sobre Sustentabilidade, Geração de Energia e Tecnologia Sustentável. Gosta muito de “desconstruir” ou “desmontar” coisas, possui muitas ferramentas, gosta de sorvete de flocos, aprecia cerveja escura adora um Projeto Caseiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *