quarta-feira , janeiro 22 2020
Home / TECH / Cientistas descobrem nova forma de produzir LEDs

Cientistas descobrem nova forma de produzir LEDs

Já é mais do que velha a notícia de que as lâmpadas incandescentes geram pouca iluminação e sim muito calor.

Acredito que todo mundo já saiba disso não é? 🙂

Caso você ainda não saiba, essas lâmpadas tradicionais vendidas até em padaria são grandes vilões para qualquer orçamento doméstico.

Mas como o futuro chega rápido e as tecnologias ecológicas estão de vento em popa, mas uma ótima notícia acaba de surgir no horizonte.

Cientistas da Universidade de Purdue nos EUA conseguiram um feito inovador. Conseguiram produzir LEDs (sigla em inglês para diodo emissor de luz) com baixo custo de produção. 😉

Utilizando silício e metal, eles conseguiram produzir LEDS, com custo mais baixo e com materiais facilmente encontrados, fazendo com que esta tecnológica seja aplicada em mais e mais aplicações nos meios industriais e caseiros

O que torna tão caro LEDs a produção dessa maravilha em termos de iluminação é enorme cadeia de processos que envolve um simples led, o que faz a sua produção muito cara.

Com essa nova tecnologia surgindo, há expectativas que este novo tipo de iluminação consiga reduzir em 10% só nas emissões de carbono no planeta e esperamos que esta tecnologia seja utilizada em breve, pois o aquecimento global está ai.

E aí você me pergunta. O que eu ganho com isso. Ai eu respondo: Você ganha dinheiro economizando na energia elétrica e ainda ajudar a reduzir as emissões de carbono. Então entendeu? 😀

Via > Treehugger

Compartilhe

4 Comentários

  1. Dr. Chicletinho

    É Roberto, infelizmente alguns produtos ainda são caros, por falta de incentivos ou por falta de conhecimento mesmo da população, mas os tempos estão mudando.

    As tecnologia verdes estão em grande expansão e em breve teremos preços competitivo ou até mais baratos que os tradicionais não ecológicos.

    É assim mesmo, quanto mais procurado, mais barato fica.

  2. Em geral, os produtos revolucionários e que de alguma forma inovam, são sempre mais caros. talvez seja por euforia ou especulação mesmo. Mas o fato é que se quisermos ser mais ecologicamente corretos, devemos botar a mão no bolso. Roberto.

  3. Que boa notícia! Espero que essa tecnologia se popularize logo, pois será de grande utilidade em nossos lares (levando em consideração que o planeta é nosso lar comum).

    TES

  4. (leds sempre são produzidos com silício e metal…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *