"
terça-feira , novembro 12 2019
Home / FAÇA VOCÊ MESMO / Pesquisadores Descobrem que o Arroz torna o Cimento mais Forte

Pesquisadores Descobrem que o Arroz torna o Cimento mais Forte

Criar estruturas sustentáveis, duradouro e ecológicas é o cerne da arquitetura ambientalmente de hoje.

  Porém muitos dos construtores antigos, já o faziam isso há mais de 2000 anos atrás. Você sabia disso?

Estudos recentes de estruturas de época da dinastia Ming na China descobriram que o segredo de sua força e estabilidade duradouras é uma mistura pegajosa de arroz para a argamassa.

Construtores chineses começaram a acrescentar amido de arroz e misturando na argamassa de cal (utilizado pelos antigos como cimento) em torno de 1.500 anos atrás.

Os construtores descobriram que eles adicionavam esta mistura para fortalecer o cimento e só agora nós descobrimos que eles realmente estavam certos.

Cientistas que estudam os túmulos, pagodes e muros da cidade  que ainda está de pé até hoje  descobriram que todos eles incluiu este ingrediente mágico, e já resistiram há muitos terremotos.

Então, o que torna o arroz pegajoso como uma adição perfeita a argamassa?

Pesquisadores Descobrem que o Arroz torna o Cimento mais Forte

Bem, especificamente, é a amilopectina, um polissacarídeo encontrado em alimentos ricos em amido, que combina com o carbonato de cálcio na cal que forma uma mistura resistente e de muita força.

Os cientistas testaram receitas  de argamassa que continham a mistura arroz pegajoso e descobriram que até então nada mais se comparava a esta mistura para construção de estruturas na antiguidade.

Embora, é improvável que os construtores modernos  utilizem papa de arroz em seus projetos de construção, fica a esta incrível lição.

Com estudo de materiais orgânicos e pesquisa para o desenvolvimento de materiais mais ecológicos, é certo de que descobriremos meios e formas de construir grandes estruturas com custo baixo e com menor impacto ao meio ambiente.

“É só lembrarmos da teia de aranha que é mais resistente do que o aço se comparando na mesma proporção”.

Químico no Texas tem outra ideia

Rajan Vempati liderou um grupo que desenvolveu um novo processo para transformar cascas de arroz em cinzas. 

A ideia é substituir parte do cimento portland tradicionalmente usado na fabricação de concreto. 

O cimento Portland é um material que une a areia e a brita no concreto.

Rajan Vempati acredita que as cinzas de casca de arroz poderiam ajudar a indústria de concreto a produzir menos dióxido de carbono. 

O dióxido de carbono é liberado na fabricação de cimento quando o combustível é queimado e o calcário é aquecido.

 A Associação de Cimento Portland diz que o gás do calcário é reabsorvido como idade do concreto.

Pesquisadores Descobrem que o Arroz torna o Cimento mais Forte

Mas a fabricação de cimento produz cerca de cinco por cento do dióxido de carbono liberado pela atividade humana em todo o mundo. 

O dióxido de carbono é um dos gases que podem afetar o clima ao capturar o calor.

O processo para produzir cinzas de cascas de arroz aquece os cascos a oitocentos graus centígrados. 

O carbono é expulso e partículas finas de sílica quase pura permanecem. 

O processo libera dióxido de carbono, mas Rajan Vempati diz que ele seria reabsorvido naturalmente no solo.

Uma mistura Promissora

Outro inventor, Prasad Rangaraju, é engenheiro da Universidade de Clemson, na Carolina do Sul. 

Ele testou o cimento, e diz que menos poderia ser usado porque as cinzas do casco do arroz o tornam um material de construção mais forte

Além disso, os inventores dizem que o material de cor clara reflete melhor a luz solar, para que os edifícios custem menos para esfriar.

A National Ready Mixed Concrete Association aponta que o uso de cinzas no cimento não é uma ideia nova. 

Os antigos romanos descobriram que as cinzas vulcânicas faziam melhor cimento.

Mas os inventores modernos dizem que as cinzas de casca de arroz funcionam melhor que outros materiais.

 Eles desenvolveram o processo com dinheiro da National Science Foundation. Eles ainda não trouxeram para o mercado.

Usá-lo poderia fazer mais sentido em áreas onde os agricultores cultivam muito arroz e os cascos podem ser desperdiçados.

Via > Learning

Olha isso!

Aplique estas Dicas de Organização e tenha mais tempo para a vida

Feliz Dia Do Professor

Para todos os professores que um dia nos ensinaram e que ainda nos ensinam. E …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba diariamente as Melhores Notícias

DE GRAÇA

Dicas e Notícias

Todo dia notícias fresquinhas