segunda-feira , dezembro 9 2019
Home / CURIOSIDADES DE SAÚDE / Conheça 10 Alimentos Ricos em Iodo

Conheça 10 Alimentos Ricos em Iodo

Conheça 10 Alimentos Ricos em Iodo.

O iodo é um mineral essencial que você deve obter da sua dieta.

A sua glândula tireóide precisa produzir hormônios da tireoide, que têm diversas funções importantes em seu corpo.

A dose diária recomendada (IDR) de iodo é de 150 mcg por dia para a maioria dos adultos. Para as mulheres que estão grávidas ou amamentando, os requisitos são maiores.

Segundo a OMS, a deficiência de iodo afeta 72% da população mundial.

Conheça 10 Alimentos Ricos em Iodo

E pessoas que vivem em áreas que possuem uma pequena quantidade de iodo no solo, incluindo países europeus.

A deficiência de iodo pode levar ao inchaço da glândula tireóide, conhecido como bócio, e hipotireoidismo, que pode causar fadiga, fraqueza muscular e ganho de peso.

Conheça 10 Alimentos Ricos em Iodo

Aqui estão alimentos ricos em iodo que podem ajudar a prevenir uma deficiência.

1- Algas Marinhas

As algas marinhas são uma boa fonte de antioxidantes, vitaminas e minerais. Possuem baixa calorias.

A alga é uma das melhores fontes naturais de iodo.

Sendo que, a quantidade pode variar significativamente com base no tipo de alga, a região em que cresceu e sua preparação.

Possuem três variedades de algas marinhas : kelp kombu, wakame e nori.

Kombu Kelp

A Alga Kombu é uma alga marrom vendida seca ou em pó fino.

É geralmente usado para fazer uma sopa japonesa de nome Dashi.

Em um estudo que pesquisou amostras de algas marinhas de vários países asiáticos quanto ao teor de iodo, descobriu-se que a kelp kombu.

Possui a maior quantidade de iodo comparado com outras espécies de algas marinhas.

Leia Mais > Como melhorar a Saúde com Algas Marinhas

Kelp pode conter até 2.984 mcg de iodo por folha de algas (1 grama).

Além de fornece quase 2.000% da ingestão diária recomendada.

O excesso de consumo de iodo é bem tolerado na maioria das pessoas,.

Mas pode resultar em disfunção tireoidiana para pessoas que são suscetíveis.

Wakame

Wakame é outro tipo de alga castanha que é ligeiramente doce em sabor. É comumente usado para fazer sopa de missô.

A quantidade de iodo nas algas wakame depende de onde é cultivada.

Wakame da Ásia tem maiores quantidades de iodo do que wakame da Austrália e Nova Zelândia.

Um estudo descobriu que a quantidade média de iodo nas algas wakame de várias partes do mundo era de 66 mcg por grama, ou 44% da ingestão diária recomendada.

Além disso, ela é utilizada para melhoria do sistema circulatório.

Possuindo grandes concentrações de cálcio e iodo.

Nori

Nori é um tipo de alga geralmente de cor esverdeada ou vermelha.

Em comparação as algas castanhas, tem um teor mais baixo de iodo.

Nori é o tipo de alga que é comumente usado em rolos de sushi.

O teor de iodo no nori pode variar entre 16-43 mcg por grama, ou cerca de 11-29% do valor diário.

A alga Nori é rica em proteína, cálcio, ferro, vitamina A, B e C.

Além disso, contém duas vezes mais proteína do que algumas carnes.

2- Camarão

O camarão é um marisco, que contém baixa caloria, sendo rico em proteínas que é uma fonte muito boa de iodo.

Além disso, o camarão fornece nutrientes essenciais, como vitamina B12, selênio e fósforo.

O camarão e outros frutos do mar são boas fontes de iodo, e absorvem parte do iodo que está naturalmente presente na água do mar.

Uma porção de 85 g de camarão contêm cerca de 35 mcg de iodo, ou 23% da ingestão diária recomendada.

3- Bacalhau

O bacalhau é um peixe delicado em textura e tem um sabor suave.

É relativamente pobre em gordura e calorias, oferecendo uma ampla variedade de minerais e nutrientes, incluindo o iodo.

De acordo com o Icelandic Food Content Database, peixes com baixo teor de gordura têm as maiores quantidades de iodo.

Leia Mais > Conheça Os Perigos de Obturações com Amálgama

Por exemplo, uma quantidade de 85 gramas de bacalhau tem aproximadamente 63-99 mcg, ou 42-66% da quantidade diária recomendada.

A quantidade de iodo presente no bacalhau.

Pode variar um pouco dependendo se o peixe foi criado na exploração ou capturado na natureza, bem como a região onde o peixe foi capturado.

4- Laticínios

Os laticínios também são importantes fontes de iodo, em especial nas dietas americanas.

A quantidade de iodo no leite e laticínios difere muito com base no teor de iodo na ração do gado e no uso de desinfetantes contendo iodo durante a ordenha.

Um estudo abrangente mediu o teor de iodo em 18 marcas diferentes de leite vendido na área de Boston.

Descobriu-se que todas as 18 marcas tinham pelo menos 88 mcg em 1 xícara de leite. Algumas marcas continham até 168 mcg em uma xícara .

Baseado nesses resultados, 1 xícara de leite pode fornecer de 59 a 112% da quantidade diária recomendada de iodo.

Uma xícara de iogurte natural fornece aproximadamente metade da quantidade diária recomendada.

A quantidade de iodo no queijo varia dependendo do tipo.

O queijo cottage é uma das melhores fontes de iodo.

Uma xícara de queijo cottage fornece 65 mcg, enquanto uma onça de queijo cheddar fornece cerca de 12 mcg.

5- Sal Iodado

Sal iodado é a principal fonte de iodo na nossa dieta.

O sal iodado consiste em sal de mesa combinado com quantidades minúsculas de sais contendo iodo.

Apenas um grama de sal fornece ao corpo 77 microgramas de iodo e 0 calorias.

O que pode corresponder a 47% da ingestão diária recomendada. No entanto, o sal também contém sódio.

Leia Mais > Conheça Especiarias que podem Substituir o Sal

Nas últimas décadas, a ingestão de iodo diminuiu nos EUA.

Provavelmente devido ao impulso das principais organizações de saúde para restringir a ingestão diária de sódio para prevenir ou tratar a pressão alta.

Além disso, osal só parece elevar a pressão arterial em indivíduos que o consomem em excesso, e estima-se que seja em torno de 25% da população.

6- Atum

O atum é também um alimento rico em iodo e com baixo teor calórico, rico em proteínas.

Além disso, é uma boa fonte de potássio, ferro e vitaminas do complexo B.

O atum também é uma boa fonte de ácidos graxos ômega-3 , o que pode reduzir o risco de doença cardíaca.

Peixes com maior teor de gordura oferecem menores quantidades de iodo.

Como o atum é um peixe mais gordo, a quantidade de iodo encontrada no atum é menor do que a de peixes mais magros, como o bacalhau.

No entanto, o atum ainda é uma fonte relativamente boa de iodo, uma porção de 85 g, podem fornecem 17 mcg, ou cerca de 11% da ingestão diária recomendada.

7- Sal Cristal do Himalaia

Muitas pessoas geralmente ficam apreensivas quanto ao consumo de sal em excesso, devido ao seu alto teor de sódio.

Conheça os Benefícios das Lâmpadas de Sal do Himalia

Além disso, o sal de mesa é processado quimicamente e é retirado de todo o seu conteúdo de nutrientes.

O sal do Himalaia, também conhecido como sal cinza, é uma excelente alternativa ao sal de mesa.

Um meio grama de sal do Himalaia fornece incríveis 250 microgramas de iodo, mais de 150% do valor diário do iodo.

Então, consuma este sal com moderação.

8- Ovos

Os ovos também são uma boa fonte de iodo.

Por menos de 100 calorias, um ovo inteiro fornece uma fonte magra de proteína, gorduras saudáveis ​​e uma ampla variedade de vitaminas e minerais.

No entanto, a maioria desses nutrientes, incluindo o iodo, vem da gema.

Leia Mais > Qual tipo de Sal é mais Saudável ?

As gemas de ovo são uma boa fonte de iodo porque são adicionadas ao alimento de galinha.

No entanto, uma vez que o conteúdo de iodo na ração de galinha pode variar, a quantidade encontrada nos ovos também.

Em média, um ovo grande contém 24 mcg de iodo, ou 16% do valor diário.

9- Ameixas

Ameixas secas são ameixas secas.

As ameixas são uma boa fonte vegetariana ou vegana de iodo.

Comer em torno de cinco ameixas secas fornecem 13 mcg de iodo, ou cerca de 9% do valor diário.

Benefícios da Ameixa para Grávidas

As ameixas são comumente conhecidas por ajudar a aliviar a constipação.

Isso ocorre devido ao alto teor de fibras e sorbitol, um tipo de álcool de açúcar.

As ameixas são altas em muitas vitaminas e nutrientes, incluindo vitamina K, vitamina A, potássio e ferro.

Além disso, as ameixas, podem ajudar a melhorar a saúde do coração, diminuir o risco de câncer de cólon e até ajudar a controlar o peso diminuindo o apetite.

10- Feijão Lima

Os feijões-de-lima são comumente associados ao popular succotash de prato nativo americano, que mistura feijão e milho.

Os feijões-de-lima são uma boa fonte de fibras, magnésio e folato, tornando-os uma opção saudável para o coração.

Eles também são uma fonte vegetariana relativamente boa de iodo.

Devido à variação de iodo no solo, água de irrigação e fertilizantes, a quantidade de iodo pode variar em frutas e legumes.

Além disso, uma xícara de feijão cozido contém em média 16 mcg de iodo, ou 10% do valor diário.

Conclusões

O iodo é um mineral importante, embora poucas fontes de alimento sejam ricas nele.

É por isso que muitas pessoas em todo o mundo correm o risco de desenvolver uma deficiência .

Os alimentos mais ricos em iodo incluem algas marinhas, laticínios, atum, camarão e ovos.

Além disso, a maior parte do sal de cozinha foi iodado, proporcionando uma maneira fácil de adicionar iodo às suas refeições.

Os alimentos listados neste artigo não são apenas algumas das melhores fontes de iodo, mas também são muito nutritivos e fáceis de adicionar à sua rotina diária.

Olha isso!

8 Bebidas Totalmente Saudáveis e ​​ricas em Eletrólitos

8 Bebidas Totalmente Saudáveis e ​​ricas em Eletrólitos

Os eletrólitos são minerais que transmitem uma carga elétrica quando misturados com água. E são essenciais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi, tudo bem?

Receba mais Notícicias legais!
Enviaremos todos os dias, as melhores Dicas Fresquinhas

Obrigado por nos acompanhar!