O que é Clamídia e seus Sintomas

Ad Blocker Detectado

Nosso site precisar exibir anúncios on-line para nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar, desativando o seu bloqueador de anúncios.

O que é Clamídia e seus Sintomas.

A clamídia é uma doença sexualmente transmissível (DST) que afeta homens e mulheres, causada pela bactéria Chlamydia trachomatis. E é comum no mundo todo. Mas pode ser tratada, podendo levar a complicações graves se você não receber tratamento para cura.

Você pode contrair clamídia fazendo sexo desprotegido com um parceiro infectado. Um equívoco comum é que a clamídia é transferível através do beijo.

O que é Clamídia e seus Sintomas

Os sintomas da clamídia podem incluir:

  • sensação de ardor durante a micção, mas há algumas que não sentem
  • uma descarga fétida e anormal da vagina ou do pênis
  • uma ferida incomum sobre ou em torno dos genitais
  • inchaço e dor em um ou ambos os testículos
  • dor retal
  • sangramento anal
  • sangramento vaginal entre períodos
  • uma infecção ocular ou pneumonia em recém-nascidos

Os sintomas podem aparecer várias semanas depois de ter relações sexuais com uma pessoa com clamídia. A maioria das pessoas com clamídia não apresenta sintomas.

Causas

A bactéria Chlamydia trachomatis causa clamídia. Também pode causar outros distúrbios, incluindo:

  • doença inflamatória pélvica
  • pneumonia
  • inflamação cervical

Você não pode transmitir clamídia através de beijos, compartilhamento de copos ou abraços, mas pode espalhar a doença:

  • através de sexo vaginal, oral ou anal desprotegido com alguém que tem a doença
  • para o seu bebê através do parto, se você está grávida e infectada
  • durante o sexo desprotegido com um parceiro masculino, mesmo se ele não ejacular

Você ainda pode contrair clamídia, mesmo que tenha tido a doença anteriormente e a tenha tratado.

Conheça Chás que Ajudam a Aliviar Dores de Cabeça

Visite o seu médico imediatamente se você ou seu parceiro notar quaisquer sintomas de clamídia. Os médicos que podem diagnosticar a doença são ginecologista, urologista, clinica médica e infectologista.

Enquanto o beijo não transmite a clamídia, várias outras condições podem se espalhar através do beijo da saliva ou cortes abertos ao redor da boca.

Essas condições incluem:

  • o resfriado comum e outras infecções virais
  • gripe
  • o vírus Epstein-Barr, que é um vírus comum transmitido pela saliva que pode causar mononucleose infecciosa
  • vírus herpes simplex, que é comumente conhecido como uma afta ou febre blister
  • hepatite B, mas somente se houver abrasões ou feridas na boca causadas por mordidas ou traumas em que o sangue possa ser trocado
  • citomegalovírus, que é um vírus comum que pode infectar qualquer pessoa, mas raramente causa sintomas
  • cárie dentária
  • meningite , que é a inflamação do cérebro e da medula espinhal

Se eu estiver Grávida?

Clamídia não tratada durante a gravidez pode causar dificuldades no parto ou ainda parto pré-maturo. No recém-nascido ela pode provocar infecção nos olhos e nos pulmões.

Todas as mulheres grávidas devem fazer, o quanto antes, os exames médicos de doenças sexualmente transmissíveis (DST), inclusive o de HIV/AIDS.

Você deverá refazer o teste durante a sua gravidez caso você tenha alto risco de contrair uma DST. DTS não tratadas podem ser muito perigosas. Use camisinha de sempre que fizer sexo.

Quão Comum é a Clamídia?

A clamídia é a DST mais comumente relatada, especialmente entre as mulheres com menos de 25 anos de idade. Estima-se que uma em cada 20 mulheres sexualmente ativas com idade entre 14 e 24 anos tenha clamídia.

Enquanto o beijo não transmite a clamídia, várias outras condições podem se espalhar através do beijo da saliva ou cortes abertos ao redor da boca.

Essas condições incluem:

  • o resfriado comum e outras infecções virais
  • gripe
  • o vírus Epstein-Barr, que é um vírus comum transmitido pela saliva que pode causar mononucleose infecciosa
  • vírus herpes simplex , que é comumente conhecido como uma afta ou febre blister
  • hepatite B , mas somente se houver abrasões ou feridas na boca causadas por mordidas ou traumas em que o sangue possa ser trocado
  • citomegalovírus, que é um vírus comum que pode infectar qualquer pessoa, mas raramente causa sintomas
  • cárie dentária
  • meningite, que é a inflamação do cérebro e da medula espinhal

É comum Infecção por Clamídia?

A clamídia é a DST mais comumente relatada, especialmente entre as mulheres com menos de 25 anos de idade. Estima-se que uma em cada 20 mulheres sexualmente ativas com idade entre 14 e 24 anos tenha clamídia.

Complicações Causadas pela Clamídia

A clamídia é por vezes dolorosa e pode causar sérios problemas de saúde se você não receber o tratamento adequado para isso. Nas mulheres, a clamídia não tratada pode se espalhar para o útero e as trompas de falópio. 

Isso pode causar danos permanentes ao seu sistema reprodutivo. Pode levar à dificuldade de conceber, infertilidade ou possível gravidez ectópica fatal. Uma gravidez ectópica é uma gravidez que ocorre fora do útero.

A clamídia não tratada também pode aumentar o risco de contrair o HIV.

Os homens raramente experimentam problemas de saúde relacionados à clamídia. Às vezes febre e dor podem ocorrer se a infecção se espalhou para o tubo que transporta espermatozóides dos testículos. Ao contrário das mulheres, a clamídia geralmente não afeta a capacidade de um homem ter filhos.

Diagnóstico e Tratamento

Se você suspeitar que tem clamídia, seu médico fará o teste de laboratório e poderá pedir uma amostra de urina ou cotonete vaginal. Se os resultados do teste forem positivos para clamídia, o médico prescreverá qual medicamento, tem finalidade para o tratamento. 

A clamídia geralmente desaparece dentro de uma a duas semanas. Você deve evitar sexo durante este tempo para evitar a propagação da doença.

Seu médico pode prescrever um medicamento de uma dose ou um medicamento que você tomará diariamente por aproximadamente uma semana. 

Se eles prescreverem uma pílula de uma dose, você deve esperar sete dias antes de fazer sexo novamente. Se você estiver tomando medicação por sete dias, espere uma semana após a dose final antes de praticar atividade sexual.

Leia Também :

Você também deve fazer o teste novamente três meses depois de ter sido tratado para a doença, porque as infecções repetidas por clamídia são comuns.

Prevenção

A melhor maneira de prevenir a infecção por clamídia é evitar o sexo desprotegido com alguém que tenha a doença. Siga estas dicas para se proteger contra a clamídia:

  • Use camisinhas, preservativos masculinos de látex ou poliuretano feminino, da maneira correta toda vez que fizer sexo. 
  • Pergunte ao seu farmacêutico ou médico se você não tiver certeza sobre a maneira correta de usar um preservativo ou tiver algum dúvida.
  • Limite o número de parceiros sexuais que você tem que reduzir seu risco de exposição.

Testes de rotina para clamídia e outras DSTs, como HIV e herpes, também são importantes para prevenção, detecção precoce e tratamento.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) aconselham mulheres sexualmente ativas com menos de 25 anos a fazer exames de clamídia todos os anos.

Dicas para Beijos Seguros

Siga estas dicas para praticar beijos seguros e prevenir infecções:

  • Evite beijar alguém se algum de vocês tiver feridas abertas.
  • Evite beijar alguém se algum de vocês tiver cortes ou ao redor da boca.
  • Evite beijar alguém quando estiver doente ou doente.
  • Não morda durante o beijo.
  • Encontre outras partes do corpo para beijar em vez dos lábios, como a bochecha ou a mão.

Beijar não tem que estar fora dos limites para evitar a propagação da doença. 

Se você evitar temporariamente beijar ou mudar a maneira de beijar durante um surto de doença, poderá diminuir suas chances de contrair ou espalhar uma infecção. As chances de você contrair uma infecção grave através do beijo são baixas.

Alguma Doença Sexualmente Transmissíveis (DSTs) é transmitida pelo Beijo?

A única DST estabelecida transmitida através do beijo é herpes, que é causada pelo vírus herpes simplex. O HIV pode ser transmitido através do beijo se existir um ferimento aberto ou corte, mas isso seria considerado muito raro.

Deixe seu Comentário