A Vida de um Homem Comum! Estreia Hoje em todo Brasil Kardec o Filme

Ad Blocker Detectado

Nosso site precisar exibir anúncios on-line para nossos visitantes. Por favor, considere nos apoiar, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Um homem simples, Hypolite Leon Denizard Rivail, educador francês em plena Paris de 1850, na época com 53 anos, começa a trilhar um caminho desconhecido, imaginável, pesquisando fenômenos espíritas.

Kardec, ultrapassou as barreiras do desconhecido, perseguições, dúvidas. A sua contribuição é eternamente infinita para humanidade.

Kardec O Filme, Estréia hoje em todo o Brasil, fortalecendo a divulgação da Doutrina Espírita.

Alan Kardec codificou a Doutrina Espírita após longas pesquisas, tema muito polêmico na época e de difícil entendimentos e aceitação de muitos.

Kardec, conhecido como O Consolador dos corações aflitos nesta vida e no plano espiritual.

Atores do filme estiveram hoje no Programa Mulheres, divulgando o Filme, o ator Leonardo Medeiros, faz o papel de Kardec e a atriz Sandra Carvaleone, faz o papel da esposa Amélie.

A Vida de um Homem Comum! Estreia Hoje em todo Brasil Kardec o Filme

Kardec, O consolador prometido por Jesus há mais de dois mil anos viria, foi revelado em 18 de abril de 1857, com a publicação de O Livro dos Espíritos.

5 Casos de Reencarnação Confirmados pela Ciência

Foi a primeira obra básica da codificação espírita de uma série de cinco livros, formada por perguntas e respostas abordando os princípios fundamentais da Doutrina Espírita.

Na época o trabalho que intrigou muitos cientistas e religiosos devido a sua repercussão foi organizado pelo pedagogo francês, Hippolyte Léon Denizard Rivail, conhecido pelo pseudônimo Allan Kardec.

Veja Também :

Carta Psicografa de Isabela Nardoni

Cantora Alcione Revela sua Espiritualidade

O Por que das Tragédias Coletivas

Caso Bernardo na Visão Espírita

Profundo observador e estudioso dos fenômenos mediúnicos, Allan Kardec, o cuidadoso professor, se dedicou e desenvolveu uma metodologia que não desse margens a fraudes, nem a interpretações distorcidas. 

Deixe seu Comentário