quarta-feira , abril 1 2020
Home / ECONOMIA / a lição do sucesso de Guilherme Benchimol

a lição do sucesso de Guilherme Benchimol

Guilherme Benchimol, durante IPO XP Inc
Guilherme Benchimol, durante IPO XP Inc (Foto: Matheus Detoni/Divulgação)

“Abrir capital não é trivial. Você fica muito mais exposto, tem que dar mais disclosers sobre suas informações, então, não pode ser uma decisão tomada por impulso”. Segundo Guilherme Benchimol, CEO da XP Inc., o movimento de abertura de capital da empresa representou um grande marco em sua história, mas é apenas o primeiro de muitos passos que ainda estão por vir.

Durante live às 5h06 da manhã no Instagram de Thiago Nigro, o Primo Rico, Guilherme Benchimol apontou algumas razões que levaram a XP a abrir capital fora do Brasil. “Além de manter a empresa mais exposta para o mercado externo, o que pesou muito foi que, lá fora, com 10% das ações da empresa você ainda pode controlá-la. Aqui, não é assim. Você precisa ter, no mínimo, 25% das ações para isso”, disse.

Você pode acompanhar todas as atualizações sobre as lives no canal do Telegram do Primo Rico. Para participar, basta clicar aqui

A XP Inc. realizou o processo de abertura de capital na bolsa americana Nasdaq em dezembro do ano passado e, desde então, seu valor de mercado já subiu cerca de 60%, superando a marca de R$ 100 bilhões. Segundo Benchimol, todo o processo que antecedeu o IPO foi bastante corrido.

“São inúmeras reuniões diárias com investidores por vários dias seguidos. Conversamos com muita gente em um espaço muito curto de tempo”, lembra.

Thiago Nigro e Guilherme Benchimol em live do Primo Rico
Thiago Nigro e Guilherme Benchimol em live do Primo Rico

Lições da China

Durante a live, Benchimol contou que recentemente fez uma viagem para a China, com o objetivo de aprender mais com as empresas de lá sobre o uso de dados. “Quando o assunto é uso de dados e inteligência digital, os chineses são muito mais avançados. Fomos para lá para entender como eles fazem isso e ter insights nessa linha de processos”, conta.

Para o CEO da XP, o processo de aprendizagem precisa acontecer constantemente para que um negócio possa ter sucesso. “Pensar grande e ter a mente a aberta para aprender coisas novas é fundamental. Além disso, ter humildade para admitir que você não sabe de tudo também é muito importante”, afirma.

Durante a transmissão, Benchimol afirmou que ter uma visão apurada sobre o mercado em que seu negócio está estabelecido também faz bastante diferença. “Você precisa ser flexível igual capim, que se movimenta na direção em que o vento está batendo. Não dá para ser rígido igual bambu. Você precisa ver o que está acontecendo lá fora e se adaptar a esse ambiente”, disse.

O desafio

A live desta sexta-feira faz parte do desafio de 21 dias do Primo Rico. Segundo Nigro, a ideia é instigar as pessoas a construírem uma rotina mais produtiva, começando pelo consumo de um conteúdo relevante diariamente às 5h06 da manhã. Para isso, ele faz transmissões ao vivo diariamente sobre investimentos, finanças pessoais e empreendedorismo em sua conta no Instagram, durante toda a duração do desafio.

“É uma oportunidade para quem quer desenvolver uma vida mais disciplinada e ainda consumir um conteúdo de qualidade pela manhã”, afirma.

Logo após o fim das lives, todo o conteúdo que foi discutido sai do ar. No entanto, um resumo do dia é divulgado em seu grupo de Telegram, que já conta com mais de 244 mil pessoas. Por lá, Nigro também disponibiliza materiais extras e a agenda de convidados das próximas transmissões.

Para participar do grupo de Telegram do Primo Rico e ter acesso gratuito aos conteúdos compartilhados por lá, clique aqui.

Fonte >Infomoney

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *