domingo , março 29 2020
Home / PET / Enfermeira cuida e adota filhotinha negligenciada com sarna: ‘Foi amor a primeira vista’

Enfermeira cuida e adota filhotinha negligenciada com sarna: ‘Foi amor a primeira vista’

A assistente de veterinária de 21 anos Jessie DeFreita, de West Sussex, Inglaterra, já tinha quatro gatos e um cão resgatado, mas quando ela viu uma minúscula filhotinha entrando em seu consultório, ela sabia que precisava adotá-la.

A recém-nascida, inicialmente chamada de Honey, estava praticamente careca, devido a um desagradável caso de sarna. Ela foi levada ao consultório por seus donos anteriores, que haviam negligenciado a cachorrinha por muito tempo.

Leia Também: Conheça Hulk, o raro cachorrinho que nasceu verde florescente

Mas não era a sarna que se destacava nela para Jessie, eram seus lindos olhos. E, apesar de tudo o que passara, eles ainda tinham faíscas de esperança.

O médico disse que a cadelinha precisava de cuidados 24 horas por dia ou ela poderia não sobreviver. Foi quando Jessie entrou para ajudar. Ela se ofereceu para cuidar do animal e acabou trazendo-a para casa logo depois.

Como a pequena adorava morder, Jessie decidiu que seu nome original “Honey” não era muito adequado para ela. Então ela mudou seu nome para “Terra”[Terror com um A].

Entretanto, três meses depois, a cachorrinha mordedora acabou mostrando que seu nome inicial era mais compatível. Não só ela era extremamente doce agora, mas também estava irreconhecível.

Sua transformação é tão incrível que ela nem se parece com o mesmo cachorro. Todo o seu pêlo voltou a crescer e ela está muito forte e feliz.

Jessie não apenas ajudou a cuidar da Terra até ela voltar a saúde, mas também lhe deu um novo lar permanente!

Que incrível! Que mais pessoas tenham a iniciativa de adotar um animalzinho também!

Leia Também: Cidade de Denver planeja legalizar a posse de pit bulls de novo: a raça é proibida desde 1989


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Fonte > Portal do Animal

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *