sexta-feira , maio 29 2020

Samsung lançará aparelho para conectar eletrônicos simples à internet

Compartilhe

Las Vegas — A sul-coreana Samsung anunciou que lançará no Brasil neste ano o aparelho chamado SmartThings Hub. O dispositivo funciona como uma central de conectividade que dá acesso à internet a dispositivos que não possuem Wi-Fi.

Segundo a Guilherme Campos, gerente sênior de produtos da Samsung, os aparelhos compatíveis com o SmartThings Hub serão aqueles que possuem um controle remoto que utiliza infravermelho, como televisões ou condicionadores de ar. Esse pode ser o primeiro dispositivo do gênero lançado por uma grande empresa de tecnologia no mercado brasileiro.

Com mais dispositivos da casa conectados à web, os consumidores poderão controlar diversos eletrônicos à distância, por meio de um aplicativo chamado SmartThings, disponível para smartphones com sistema operacional Android e iPhones. De acordo com Hyun-Suk Kim, presidente global da divisão eletrônicos de consumo da Samsung, o app tem, atualmente, 112 milhões de usuários cadastrados, dos quais 52 milhões são ativos mensalmente.

SmartThings Hub: aparelho conecta dispositivos que não têm acesso à internetSamsung/Divulgação

O lançamento prometido para este ano pela Samsung está alinhado com a estratégia que a empresa adota no Brasil nos últimos anos. A sul-coreana já vende por aqui ar condicionado, geladeira, TVs e lavadoras com acesso à internet. No discurso principal da Samsung durante a CES 2020, maior evento de tecnologia do mundo, realizado em Las Vegas, os executivos deixaram clara a ideia de que buscam conectar todos os dispositivos domésticos ao seu aplicativo SmartThings e desenvolver recursos de inteligência artificial para facilitar a vida do consumidor na gestão da casa.

A corrida pela casa conectada é disputada também pela rival LG, que possui, basicamente, os mesmos eletrônicos com acesso à internet que a Samsung, e também pela brasileira Positivo Tecnologia, que lançou tomada, câmera e lâmpada com acesso à internet em 2019. Segundo a consultoria alemã Statista, o setor de casa inteligente terá faturamento global de 91 milhões de dólares neste ano, 23% a mais do que em 2019. O número casas com dispositivos conectados terá salto ainda maior, de 30%, chegando a 175 milhões em 2020 (sem considerar as vendas de Smart TVs).

Fonte >Exame

Deixe uma resposta