quinta-feira , novembro 26 2020

Veterano do Exército atira em galho a 20 metros de altura para libertar águia presa

Compartilhe

Moradores de Rush City, Minnesota, observaram uma águia pendurada em uma árvore a 21 metros acima do solo por mais de dois dias. Enquanto muitos locais não se importavam com a situação do pássaro, alguns até acreditando que o animal já estava morto. Um veterano do exército, chamado Jason Galvin, sabia que tinha que fazer alguma coisa.

Jason observou o pássaro por horas usando seus binóculos e percebeu que ainda estava vivo. Ele decidiu usar bem seu treinamento militar e libertar o pássaro usando seu rifle. Enquanto os vizinhos continuavam dissuadindo Jason, afirmando que “medidas de segurança seriam comprometidas” e que “era falta de responsabilidade”, o soldado veterano estava determinado a ajudar a águia.

Leia Também: Pássaro imita a sirene dos bombeiros após ser salvo de incêndio na Austrália

Jason começou os disparos na árvore enquanto o sol ainda estava escaldante, e apontou o rifle para o começo do galho onde a águia estava presa.

Mesmo com o treinamento militar, acertar um galho naquela distância, com o sol na direção do seu olho e com apenas um rifle básico, não é uma tarefa fácil, mas depois de duas horas e meia de disparos, com mais de cento e cinquenta tiros disparados no mesmo galho, finalmente um deles conseguiu quebrá-lo.

A águia agora está se recuperando em um centro de resgate local. Ela foi nomeada poeticamente de “Liberdade”, porque Jason a libertou durante o fim de semana de 4 de julho [dia da independência dos EUA]!

Ela será liberada em seu habitat assim que estiver totalmente curada. Que resgate!

Leia Também: Homem salva passarinho congelado na estrada em meio a rigoroso inverno do Canadá


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Fonte > Portal do Animal

Deixe uma resposta