domingo , março 29 2020
Home / CELEBRIDADES / ‘Prefiro morrer do que tomar vacina’; cantora famosa causa revolta ao falar do coronavírus

‘Prefiro morrer do que tomar vacina’; cantora famosa causa revolta ao falar do coronavírus

As declarações da cantora britânica M.I.A sobre o coronavírus causaram revolta nas redes sociais. Conhecida por causa da música Paper Planes, um de seus hits de maior sucesso, a artista fez graves acusações contra uma eventual vacina capaz de lidar com o agente infeccioso, declarando que “prefere a morte do que tomar vacina contra o Covid-19”

Cantora gera polêmica ao falar sobre o coronavírus

M.I.A se declara publicamente contra as vacinas por considerá-las perigosas ao sistema imunológico do corpo, criando uma sobrecarga ao mesmo. Além disso, acredita que o próprio organismo é capaz de enfrentar o coronavírus sem o uso de nenhuma medicação, apenas com as vacinas já tomadas ao longo da vida.

Mãe de Ikhy, M.I.A se diz arrependida de ter deixado o menino tomar vacinas quando pequeno, considerando tais momentos como os mais difíceis de sua vida. As declarações da cantora vão na contramão do que recomendam os médicos, não havendo qualquer embasamento científico que possa sustentar tais argumentos.

Coronavírus no Brasil

Novos números mostram o panorama do coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (26). Até o fim da manhã, as secretarias de saúde espalhadas pelo país somam 2.587 pessoas infectadas pelo agente infeccioso. São Paulo continua o epicentro nacional da Covid-19, e os primeiros óbitos foram registrados fora do sudeste, em Santa Catarina e Goiás, totalizando 61 mortes até o momento.

O primeiro caso ocorrido no centro-oeste, de acordo com o governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM), é de uma senhora de 66 anos. Ela tinha problemas de saúde, incluindo pressão alta, diabetes, problemas respiratórios e um recente caso de contaminação por dengue.

Fonte >TV Prime

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *