sábado , março 28 2020
Home / CIÊNCIA / Vídeo flagra onça-pintada caçando uma anaconda gigante de 6 metros

Vídeo flagra onça-pintada caçando uma anaconda gigante de 6 metros

O cinegrafista e gestor da Reserva La Aurora, Jorge Barragán, flagrou uma onça-pintada caçando uma anaconda gigante de 6 metros nas florestas da Amazônia colombiana. O felino abateu o réptil para a alimentação sua e de seu filhote.

Jorge Barragán estava no meio de uma expedição para reconhecimento de fauna e flora com turistas quando presenciou a luta mortal.

“Na hora pude ver a onça tentando dominar a anaconda. A captura foi muito rápida, mas, ao sair da água, o felino demorou uns 40 minutos para dominar completamente a presa”, disse ele, de acordo com o portal Terra da Gente.

O vídeo, que mostra o embate, viralizou no mundo todo. O fato de uma onça-pintada encarar animais considerados ferozes e maiores que ela aguça a curiosidade e nos faz refletir mais sobre a sua coragem e ferocidade. Portanto, uma onça-pintada caçando uma anaconda gigante chama bastante atenção. [Anaconda gigante avistada por mergulhadores na Amazônia]

De acordo com Jorge, a onça-pintada não alimentou-se no momento do abate. Ele diz que o animal ‘escondeu’ a anaconda morta e, no dia seguinte, presenciou o animal com o seu filhote desfrutando da refeição com olhares atentos na redondeza.

“Ela [a onça] capturou a anaconda a uns 10 metros da água e deu mordidas fortes para abatê-la. O felino ficou no local por um tempo, mas assim que saímos ele escondeu a presa em uma pastagem alta”, disse ele.

O vídeo mostra o momento do ataque da onça-pintada à anaconda.
(Imagem: Jorge Barragán e Rafael Hoogesteing/Arquivo Pessoal)

O Trabalho da Reserva La Aurora

A Reserva La Aurora é privada, ou seja, não depende de órgãos estaduais ou federais para regular sua preservação. Mesmo assim, de acordo com Jorge, a Reserva realiza ações para a conversação da biodiversidade do local. “Atuamos com a conservação do ecossistema e toda diversidade associada através do ecoturismo e monitoramento de onças”, explicou Jorge.

Um dos objetivos de seu trabalho na Reserva é monitorar e preservar a população de onça-pintada. “Em 10 anos de monitoramento registramos uma população histórica de 44 indivíduos. Hoje, de acordo com o registro mensal de armadilhas fotográficas, identificamos de 8 a 10 onças no local”, disse ele. [Pescador encontra anaconda gigante na Amazônia; assista ao vídeo]

Visando o ecoturismo, Jorge destaca que a Reserva incentiva as pessoas a observarem as onças. “Também atuamos com o turismo de observação de onças. Em 2019, durante a seca, tivemos 48 avistamentos. Neste ano o número de observações passa de 30.”

Mas não são só as onças que as pessoas vão observar. “Aqui também é uma Área de Interesse para Conservação de Aves: 300 espécies foram registradas”, comenta o gestor, que lista outros animais observados no local. “Já avistamos veados, tamanduás, micos, anacondas, capivaras e ariranhas, além de uma grande variedade de peixes”.

O vídeo mostra o momento do ataque da onça-pintada à anaconda. (Reprodução: Terra da Gente)

CONHEÇA A MAIOR COBRA DA HISTÓRIA: Titanoboa: a maior cobra já descoberta

Fonte >Sociedade Científica

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *