quinta-feira , dezembro 3 2020

ADVFN News | A Starbucks apresenta rápida recuperação da pandemia no relatório do 4T20

Compartilhe

A Starbucks (NASDAQ:SBUX) informou na quinta-feira (29) que as vendas nos Estados Unidos e na China estão se recuperando da pandemia de coronavírus mais rapidamente do que o esperado, ajudando as vendas globais de lojas a encolherem apenas 9%.

As vendas da rede global de café foram impulsionadas pelos clientes que gastam mais em seu Pumpkin Cream Cold Brew e Frappuccinos, embora o tráfego de pedestres continue baixo. A perspectiva da empresa para o ano fiscal de 2021 é projetar uma recuperação mais rápida do que o esperado pelos analistas.

Aqui está o que a empresa relatou em comparação com o que Wall Street esperava, com base em uma pesquisa com analistas da Refinitiv:

  • Lucro por ação: US$ 0,51 centavos, ajustado, contra US$ 0,31 centavos esperados
  • Receita: US$ 6,2 bilhões contra US$ 6,06 bilhões esperados

A Starbucks relatou lucro líquido fiscal de US$ 392,6 milhões no quarto trimestre, ou US$ 0,33 centavos por ação, abaixo dos US$ 802,9 milhões, ou US$ 0,67 centavos por ação, um ano antes.

Excluindo os itens, a rede de café faturou US$ 0,51 centavos por ação, superando os US$ 0,31 centavos por ação esperados por analistas consultados pela Refinitiv.

As vendas líquidas caíram 8%, para US$ 6,2 bilhões, superando as expectativas de US$ 6,06 bilhões. A empresa estima que perdeu US$ 1,2 bilhão em vendas por causa da pandemia do coronavírus. As vendas globais nas mesmas lojas caíram 9%.

Embora o número de transações tenha caído, os clientes estão gastando mais com seus pedidos de café. Executivos disseram que os clientes estão comprando mais bebidas frias e opções baseadas em vegetais, ambos os quais tendem a ter preços mais elevados, e mais upsizing, porque os clientes estão optando por se tratar.

Nos Estados Unidos, as vendas de lojas caíram 9%. A adesão ativa ao programa de fidelidade da Starbucks nos Estados Unidos aumentou 10%, para 19,3 milhões de pessoas e gerou 47% das transações. A demanda melhorou ao longo do trimestre. Em setembro, as vendas mesmas lojas nos EUA caíram apenas 4%, impulsionadas pela devolução do Pumpkin Spice Lattes.

A rival de café Dunkin’ relatou um crescimento nas vendas das mesmas lojas nos EUA de 0,9% em seu último trimestre na quinta-feira. Embora a rede tenha milhares de cafés a menos do que a Starbucks, ela se beneficiou de uma maior concentração de vias para drive-thru e de mais pedidos em massa dos clientes. Dunkin’ está em negociações de venda com a Inspire Brands.

Na China, o segundo maior mercado da Starbucks, as vendas nas mesmas lojas da rede de café caíram apenas 3%.

A Starbucks abriu 480 novas cafeterias durante o trimestre. No próximo ano fiscal, ela prevê 1.100 novas lojas líquidas e US$ 1,9 bilhão em despesas de capital.

Orientação

A Starbucks espera ganhar entre US$ 2,70 e US$ 2,90 por ação, após os ajustes, sobre uma receita de US$ 28 bilhões a US$ 29 bilhões no ano fiscal de 2021.

As vendas globais nas mesmas lojas devem crescer de 18% a 23% no ano, com as vendas nas mesmas lojas nos Estados Unidos previstas para aumentar de 17% a 22%. A previsão assume que os refeitórios dos EUA serão totalmente reabertos até o final do segundo trimestre fiscal, quando as vendas nas mesmas lojas também deverão se recuperar. O crescimento das vendas mesmas lojas da China deve chegar a 27% a 32%.

Para o primeiro trimestre fiscal, a empresa projeta ganhos ajustados de US$ 0,50 centavos a US$ 0,55 centavos por ação.

O conselho da empresa aumentou seus dividendos para US$ 0,45 centavos. Enquanto muitas empresas optaram por suspender seus dividendos no início do lockdown, a Starbucks optou por continuar pagando aos acionistas.

As ações inicialmente subiram após o relatório, mas agora caíram cerca de 1%.

A Starbucks também é negociada na B3 através da BDR (BOV:SBUB34).

CapturadeTela2020-10-29às19.57.27

Gráfico anual (por semanas) da SBUX – br.advfn.com

Fontes: CNBC, FX empire, FX Street, Wall Street, Reuters

Fonte > BR ADVFN

Deixe uma resposta