domingo , outubro 25 2020

Por que as pirâmides do Egito foram construídas?

Compartilhe

Construídas a partir de 2.700 AEC, as pirâmides do Egito são os vestígios da história mais monumentais que existem. As pirâmides e sua forma continuaram a evoluir até terminar em monumentos com faces lisas.

As mundialmente famosas são de Gizé, mas hoje são mais de 90 no antigo território dos faraós. O propósito delas? Servir de sepultura para as grandes figuras do Estado.

O que eram as pirâmides?

Durante a antiguidade, elas serviram de tumbas para os faraós e abrigaram os corpos mumificados deles, de suas esposas e até figuras-chaves do Estado.

sua forma simboliza um raio de sol

Sua forma característica simbolizava um raio de sol e seu objetivo era tornar mais fácil para o morto chegar ao Deus do Sol do Antigo Egito chamado Ra.

Portanto, era um caminho para finalmente garantir o descanso eterno.

Dentre elas, a pirâmide de Quéops é a maior de todas, são mais de 146 metros de altura. Sua construção exigiria o trabalho de quase 2.000 operários e por mais de 20 anos!

Quéops era um faraó, mas não se sabe se o tamanho da pirâmide está ligado ao tamanho do poder e influência sob os outros faraós. De acordo com os historiadores, não há ligação estabelecida.

A partir daí, túmulos simples até os mais sofisticados foram descobertos.

Além da pirâmide de Queóps, as outras duas pirâmides principais são: a pirâmide de Miquerinos e a pirâmide de Quefren.

Pirâmides de Gizé

três pirâmides de Gizé

Mas as mais famosas são mesmo as de Gizé. São apenas três pirâmides, mas o planalto de Gizé é mundialmente reconhecido por causa delas.

Elas são as necrópoles dos faraós Khufu, Khafre e Menkaure.

O planalto de Gizé é um assunto de família, porque o local mortuário foi passado de pai para filho.

Mesmo sendo as pirâmides mais importantes, existem apenas três delas. Os indícios são que o clima seja o motivo, porque provavelmente a culpa foi das enchentes que varreram a cidade de Gizé de areia.

A cidade desapareceu gradualmente e só foi escavada em 2001.

Segundo a equipe de arqueólogos, a cidade foi inundada por três vezes, além de destruída em outra ocasião.

As outras pirâmides

A civilização egípcia não foi a única a construir pirâmides.

Desde o século VIII dC, os povos pré-colombianos também construíram tais monumentos. Só que elas eram usadas para templos religiosos, embora também funcionassem como tumbas.

As civilizações pré-colombianas são as origens do Império Asteca.

civilização asteca

Mas a principal diferença mesmo entre as pirâmides astecas e as pirâmides egípcias é que, no Império Asteca, as pirâmides eram templos com altares em que até sacrifícios humanos eram realizados, primordialmente.

Além do mais, as pirâmides astecas tinham grandes escadarias.

Por exemplo, a pirâmide de Tenochtlán, capital do Império Asteca, tinha 114 degraus revestidos de cal.

Essa pirâmide começou a ser construída no ano de 1375.

Suas ruínas foram descobertas por acaso, em 1978, na cidade do México, quando trabalhadores de uma companhia de energia elétrica encontraram um relevo com a imagem de uma deusa asteca.

A semelhança entre as duas civilizações está na construção das pirâmides para o culto de deuses ligados ao Sol. Rá para os egípcios e Huitizilopchtli, no caso dos astecas.

 

 

Fonte >Sociedade Científica

Deixe uma resposta