sexta-feira , janeiro 15 2021

Programa de estágio da TIM tem 300 vagas e foco em diversidade e inclusão – Money Times

Compartilhe

Trainee Estagiários Carreira Escritório Jovens Millennials
Os candidatos só precisam estar com matrícula ativa e om previsão de formatura a partir de junho de 2022 (Imagem: Unsplash/@arlington_research)

Comprometida com um ambiente de trabalho ainda mais inclusivo e inovador, a TIM (TIMS3) reformulou seu programa de estágio para conectar novos talentos à empresa e gerar mais oportunidades para grupos socialmente minorizados.

A operadora busca a diversidade de perfis e, por isso, incentivará a inscrição e seleção de candidatos com deficiência, LGBTI+ e de diferentes faixas etárias, além de ter a meta de preencher 50% das vagas com pessoas negras. Ao longo de 2021, serão abertas 300 posições em sete estados. As inscrições já começaram e podem ser feitas pelo site www.estagiotim.com.br.

A companhia revisou o perfil e os pré-requisitos do programa: bastará que quem se candidate esteja com matrícula ativa e cursando a faculdade, com previsão de formatura a partir de junho de 2022. Não há restrições relacionadas a instituições de ensino e cursos de graduação.

O conhecimento de idiomas será desejável somente em vagas específicas e a TIM oferecerá, inclusive, um curso básico online de inglês para todos os inscritos no processo seletivo, mesmo que não sejam aprovados na fase final.

Características como criatividade, empatia, colaboração e mente aberta em um ambiente que preza pela diversidade pode propiciar inovação na opinião de Maria Antonietta Russo, vice-presidente de Recursos Humanos da TIM Brasil.

“O novo programa de estágio está alinhado ao atual propósito da marca, pautado nos valores de liberdade, respeito e coragem. As mudanças que fizemos buscam refletir a realidade do Brasil. As pessoas negras são 55,8% da população do país, por exemplo, mas ainda não têm representatividade expressiva nas grandes empresas. Isso significa que, para aumentar a presença de pessoas negras, também em posições de liderança, temos que começar desde o início repensando critérios e processos que podem significar barreiras de entrada. Por isso, decidimos revisitar os pré-requisitos do processo seletivo e repensar toda a jornada de formação, desenvolvimento e acompanhamento de estagiários”, destaca a executiva.

TIM
A partir de um ano de estágio na TIM, já é possível a contratação na área de atuação (Imagem: Divulgação/TIM)

Além das mudanças nos critérios de seleção, o novo programa traz importantes ajustes nos planos de formação e desenvolvimento dos estagiários.

O objetivo é proporcionar uma experiência completa e consistente de aprendizado complementar à formação acadêmica, e acelerar o processo de desenvolvimento. São destaques iniciativas como a que estimula a vivência em outra área de interesse, com troca de experiências entre os estagiários, e outra que permite a mudança da área de trabalho após o primeiro ano de estágio.

As premissas para efetivação também mudaram e, a partir de um ano de estágio na TIM, já é possível a contratação na área de atuação ou em outros setores da companhia. Aqueles que estiverem nos últimos seis meses do programa, que dura no máximo dois anos, serão mapeados prioritariamente para ocupar possíveis vagas de analista, assistente ou assistente sênior.

As vagas disponíveis são para a sede da empresa, no Rio de Janeiro, além de escritórios regionais também na capital fluminense e em São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Recife, Curitiba e Belém. A primeira turma aprovada começa a trabalhar em janeiro de 2021 e os demais selecionados serão chamados ao longo do ano.

As bolsas têm valores entre R$ 1.350 e R$ 1.500 e os estagiários contam ainda com benefícios como vale-transporte, vale-alimentação, seguro de vida, assistência médica e odontológica, smartphone com pacote de voz e dados, happy day (folga no dia do aniversário) e Gympass (desconto em academias), dentre outros.

As inscrições podem ser feitas até 30 de novembro no site www.estagiotim.com.br.

Fonte >Money Times

Deixe uma resposta