terça-feira , janeiro 19 2021

Vitol fecha acordo nos EUA para evitar ação sobre propinas pagas no Brasil – Money Times

Compartilhe

A subsidiária da Vitol nos EUA admitiu o pagamento de propinas entre 2005 e 2014 em esquemas envolvendo a Petrobras (Imagem: Divulgação/site vitol)

A subsidiária norte-americana da Vitol fechou um acordo com o governo dos Estados Unidos relativo a duas acusações de supostas violações à Lei de Práticas de Corrupção no Exterior, disse um procurador local a um juiz do Brooklyn nesta quinta-feira.

A Polícia Federal brasileira investiga há anos, no âmbito da operação Lava Jato, o pagamento de propinas para a obtenção de contratos envolvendo a Petrobras (PETR3;PETR4).

Em outubro, a polícia expandiu as investigações sobre a estatal tendo como base gravações secretas realizadas por um ex-executivo da trading suíça Vitol, segundo documentos judiciais.

A subsidiária da Vitol nos EUA admitiu o pagamento de propinas entre 2005 e 2014 em esquemas envolvendo a Petrobras.

Em troca das propinas, a Vitol obtia informação sobre as ofertas de concorrentes para a comercialização do petróleo da companhia brasileira.

Uma porta-voz da Vitol disse que a companhia não possui um comentário imediato sobre o assunto. No passado, a empresa afirmou ter uma política de tolerância zero à corrupção.

A Petrobras não respondeu a um pedido por comentários.

Procuradores brasileiros anunciaram no final de 2018 que estavam investigando negócios da Petrobras com casas de trading, incluindo as maiores companhias do mundo no setor –Vitol, Trafigura e Glencore.

A Vitol é a maior trading independente de petróleo do mundo, negociando cerca de 8 milhões de barris por dia.

Fonte >Money Times

Deixe uma resposta